Podcast Notícias do Estadão: O precedente Rosa Weber

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Uma das evidências produzidas pela votação do pedido de habeas corpus de Lula, negado pela maioria do plenário do STF, foi a de que há realmente um pacto de impunidade firmado entre os chefões das quadrilhas partidárias, resumido na famosa frase do presidente do MDB, Romero Jucá, segundo quem “esta sangria precisa estancar” e na equação de Gilmar Mendes de que depois do preso A virão o preso B e o preso C. Mas esse pacto começou a cair por terra depois dos 6 a 5 da sessão histórica de quarta-feira, quando a ministra Rosa Weber manteve sua postura de votar contra a própria convicção para não pôr em xeque a estabilidade jurídica votando contra a jurisprudência da instituição.

(Comentário no Podcast Notícias do Estadão de quinta-feira 5 de abril de 2018, no portal desde as 6 horas).

Para ouvir clique no link abaixo:

http://brasil.estadao.com.br/blogs/estadao-podcasts/estadao-noticias-tudo-sobre-o-julgamento-que-abriu-caminho-para-a-prisao-de-lula/

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

http://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/o-precedente-rosa-weber/

Facebook
X
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine a nossa newsletter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

José Nêumanne Pinto

Blog

Jornal Eldorado

Últimas Notícias

Últimas Notícias