Direto ao Assunto no YouTube: Um procurador servil

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

O procurador-geral da República não vai contestar judicialmente a determinação do presidente do STF, Dias Toffoli, que exigiu do BC cópias de todos os relatórios de inteligência financeira da UIF, ex-Coaf, dos últimos 3 anos, negando-se a cumprir seu dever. Só não se sabe se o fez para puxar o saco do Maquiavel de Marília ou cumprir ordem do presidente da Republica, Jair Bolsonaro, cuja prioridade de governo tem sido limpar a barra do primogênito Flávio. Seja por que motivo for, o amigo do amigo do filho do chefe errou e está a merecer processo de impeachment para reparar o erro. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.  

Para ver vídeo no YouTube clique no play abaixo:

Para ver no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui.
Facebook
X
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine a nossa newsletter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

José Nêumanne Pinto

Blog

Jornal Eldorado

Últimas Notícias

Últimas Notícias