Comentário no Direto da Redação 3: Alto teor explosivo

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Das bombas que, para o bem ou para o mal, caíram sobre nossas cabeças esta semana de grandes novidades, a de mais alto teor explosivo foi a revelação da investigação do Departamento de Justiça dos Estados Unidos que levou aquele país e a Suíça se associarem ao Brasil na assinatura de acordo de leniência com a Braskem, cujas proprietárias, em partes iguais, são a Petrobrás e a Odebrecht, que fez o maior pagamento de propina da História. Tais investigações coincidem com os processos conduzidos na Operação Lava Jato, em Curitiba e Brasília, dando conta de que, entre outros fatos estarrecedores, o Ministério da Fazenda dos governos federais do PT foi a central de controle do “quadrilhão”.

(Rádio Estadão – FM 92,9 – na sexta-feira 23 de dezembro de 2016, às 17h35m)

Para ouvir clique no link abaixo e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

http://radio.estadao.com.br/audios/detalhe/radio-estadao,coluna-direto-ao-assunto-23122016,681035

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão clique no link abaixo:

http://politica.estadao.com.br/blogs/neumanne/alto-teor-explosivo/

Facebook
X
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine a nossa newsletter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

José Nêumanne Pinto

Blog

Jornal Eldorado

Últimas Notícias

Últimas Notícias